PUBLICIDADE:




segunda-feira, 23 de maio de 2016

INDIVÍDUO ACUSADO DE MATAR O POLICIAL MILITAR WILDINEI DURANTE ASSALTO A UM CARTÓRIO EM MOSSORÓ/RN E PRESO EM ALAGOAS.



Na noite do ultimo sábado 21 de Maio, por volta das 19h, os Policiais Rodoviários Federais estavam em serviço na BR-101, em São Sebastião/AL, quando abordaram os quatro ocupantes de um veículo Celta de cor prata e placa de São Cristovão/SE. Após consultas, verificou-se que havia um Mandado de Prisão Preventiva expedido pela 3° Vara Criminal de Mossoró, no dia 13/05/2016, pelo crime de latrocínio cometido por um dos passageiros identificado como Luan Rodrigues Fernandes de Arruda, 23 anos de idade. O crime aconteceu em um Cartório no Centro de Mossoró/RN, quando o suspeito e outro indivíduo renderam todos os que estavam no local. O PM Wildiney Alves, que se encontrava com a família no cartório e ficou refém dos bandidos, reagiu à ação e acabou sendo morto. [RELEMBRE AQUI]  Luan foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Penedo, devendo ser transferido ao Presídio de Arapiraca ainda nesta segunda-feira (23), onde ficará à disposição da Justiça do Rio Grande do Norte. O motorista do veículo abordado também tinha passagens pela polícia pelos crimes de tráfico de drogas, homicídio, ocultação de cadáver e falsidade ideológica, mas como não havia mandado de prisão contra ele, não chegou a ser preso.

Gazetaweb.